terça-feira, 30 de junho de 2009

Lucky

Será que a sorte vem até nós, ou nós quem fazemos a nossa própria sorte?

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Love In The Afternoon

É tão estranho
Os bons morrem jovens
Assim parece ser
Quando me lembro de você
Que acabou indo embora
Cedo demais.

Quando eu lhe dizia:
"- Me apaixono todo dia
E é sempre a pessoa errada."
Você sorriu e disse:
"- Eu gosto de você também."

Só que você foi embora cedo demais

Eu continuo aqui,
Com meu trabalho e meus amigos
E me lembro de você em dias assim
Um dia de chuva, um dia de sol
E o que sinto não sei dizer.

Vai com os anjos! vai em paz.
Era assim todo dia de tarde
A descoberta da amizade
Até a próxima vez.

É tão estranho
Os bons morrem antes
Me lembro de você
E de tanta gente que se foi
Cedo demais

E cedo demais
Eu aprendi a ter tudo o que sempre quis
Só não aprendi a perder
E eu, que tive um começo feliz
Do resto não sei dizer.

Lembro das tardes que passamos juntos
Não é sempre mais eu sei
Que você está bem agora
Só que este ano
O verão acabou
Cedo demais.

domingo, 28 de junho de 2009

Uma vez...

Um astronauta e um neurocirurgião estavam conversando.

O astronauta disse ao neurocirurgião:
- Eu já fui para a lua várias vezes, e nunca vi Deus ou um anjo..
O neurocirurgião respondeu:
- Eu opero cérebros, mas nunca vi um pensamento!

sábado, 27 de junho de 2009

A garota de olhos distintos

Algo me chamara a atenção.
O modo como ela o descrevia; o modo como ela descrevia o seu amor; a sinceridade; o conforto;a confiança que depositara nele.
Seu mundo era ele.

Ela estava amando-o incondicionalmente. Era um amor tão puro e ao mesmo tempo tão sincero;
O amor de ambos era perfeito.
Tudo estava tão perfeito.Aparentemente.
Havia um problema, ou uma barreira.A sociedade não aceitara esse amor.

Ele é um poeta.Ela uma publicitária. Idades diferentes. Mundos diferentes, pensamentos iguais.
O mundo estava desmoronando sobre sua cabeça naquele exato momento.
Lágrimas jorravam de seus olhos.Seu único refúgio era o amor que recebera dele.
O amor que ela procurara a vida inteira, e que encontrara.Nada mais.Estava sozinha. Sofrendo. Sem poder chorar no ombro de quem mais precisava.Sem poder contar com a pessoa de que mais precisava.

Sua mente estava em constante turbulência. Sua vida, não era mais a mesma. Ela apenas sobrevibia.Lutara contra um tormento.
Estava fraca, pois essa angústia a consumia, quase que inevitavelmente.

A tristeza já fazia parte de seu segundo nome.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Lembranças de uma amizade

Sempre trocáva-mos papéis com frases que acháva-mos legais.
Dias depois enviaram-me um pedaço de papel, com a seguinte frase: "I enjoy candies but the best think is to have you by my side."
Achei engraçado a princípio. Não passara disto.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Sonho

Estava em um farol,prestes a atravessar na faixa de pedestre.Ao caminhar percebi que havia uma mulher caminhando em minha direção.Senti que aquela mulher olhara-me como se houvesse algo a me dizer, mas que aquele momento não seria propício.Continuei a caminhar.Olhei para trás.Sim, ela ainda me olhava.Meu elo. Virei novamente. Não estava mais em uma rua. Estava em um lugar muito claro, incandescente.Tudo ficara embaçado.
Acordei.

O mundo de Sofia

Não tinha nada para fazer.Estava lendo, mas já estava cansada de ler.Parei com a leitura e fui ouvir um pouco de música. Estava ouvindo "Rose - Ciao Bella", uma de minhas preferidas, quando ouvi alguém me chamar.Era ela. Ela havia me perguntado se eu queria assistir ao filme "O mundo de Sofia";Até então, não sabia que existia filme sobre tal. Enfim, respondi que queria terminar o livro primeiro. Foi inevitável.Não resisti. Fui ver o filme.
Não era como filme, ra seriado, dividido em vários capítulos.Com abertura e tudo mais.
Fui assistindo. Achei fantástico o modo como as cenas, os personagens e seus figurinos, os objetos, representavam a história da filosofia.O modo como Sofia olhava e captava as coisas.
Sem contar ao decorrer da história, ficava cada vez mais emocionante.
Fantástico!

FELIZ CUMPLEAÑOS!


Todos os dias é uma batalha que enfrentamos em nossa existência, afastamos os problemas e as dificuldades e recebemos como recompensa a aventura de obter a
realização de nossos desejos e aspirações.

Hoje é o seu dia especial
Hoje você faz 21 anos. Feliz cumpleaños J.T;
É, o tempo passa e olha o que você se tornou. Um grande Homem!
Hoje é um dia para você aproveitar tudo o que a vida tem de melhor.Aproveitar cada segundo como se fosse o último. Ou não.Ou só aproveitar. Isso basta.

Lembro de quando éramos pequenos, das nossas brigas, que muitas das vezes, eram fúteis. Trilhas sonoras que fazia-mos, inventáva-mos do nada; assim, sem mais nem menos. Apenas para rimar e mais nada. Não faziam sentido algum.

Lembro- me de nossas brincadeiras nas viagens. Não cansava-mos. Era incrível o modo como inventáva-mos coisas para que o tempo passasse.Era divertido, muito.
Tinhamos idéias para tudo.Programas, teatrinhos, músicas.

O tempo passou. Crescemos. Não brigamos mais.Isso é bom.
Melhor ainda são os momentos que vivemos.
Momentos únicos, que jamais poderão ser revividos. Apenas relembrados e arquivados na memória.
Te quiero mucho.

terça-feira, 23 de junho de 2009

Seven lives





Traces, many faces
Lost in the maze of time
Blinded by the darkness
That's the start of the seven lives

(Chill, chill...)

It's too close, but still too far
Follow your inner guide,
Show us who you are, are, are
In these seven lives

(Take it easy - x3)
Follow your inner guide
Show me who you are
In these seven lives)

It's too close, but still too far
Show me who you are
In these seven lives
Close but still too far
Show me who you are
in these seven lives.

Carrossel de ilusões

Pensamentos, deduções
Como um carrossel,
Girando e girando
E ao fim, sempre no mesmo lugar.

Palavras são só palavras
Com sentido vago apenas
Em um contexto
Mais vago ainda...

Apenas mais um dia


Era estranho, nostálgico. Estava em um lugar onde nem eu mesma poderia imaginar que existisse.Uma projeção da realidade refletida em sonhos.
Parecia eterno; mas sabia que não iria durar para sempre.
Fui construindo minha pirâmide de cartas de baralho. Os anos se passaram e aos poucos foram desmoronando.A esperança não cessava.Continuei empilhando-nas.Havia momentos em que brincar de cartas, já não havia graça.Elas não ficavam mais em pé...e mesmo assim a esperança não acabara.

Voltara a realidade.Tudo era estranho. Dois mundos distintos. Duas vidas e sentimento.Angústia.
Aquele sentimento me corroera por dentro. Pirâmides já não existiam mais. Apenas a solidão...A certeza de ter lutado em vão.De ter acreditado no que era impossível acontecer..

O destino fez com que tudo voltasse à tona. De repente, aquela anciedade, aquela saudade, aquele amor perdido e que o vento levara para algúm lugar distante..Não havia palavras para expressar aquele sentimento. Era único.Tão único e tão perfeito..
Tão perfeito que era bom demais para ser verdade!

Meses passaram, aquele sentimento que um dia fora lindo, não passara apenas de mera distração.Consufão. Complicação.Indecisão.Percepção.Arrependimento.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Turbulência

Pensamentos voam como o vento.
Sem direção.
Caminhos a seguir,
Escolhas a fazer. Regras.
Certo e errado.
Amor e ódio.

Os olhos da verdade estão sempre a observar
Um anjo negro.
Sentimentos turbulentos,
Paradoxos, onde realidade e sonhos
Caminham lado a lado...

Labirinto de emoções

Tantos pensamentos
Tantas emoções
um labirinto.

O jogo de xadrez,
O cheito da chuva,
O brilho do sol,
Refletem em minha mente,
Faz-me lembrar lentamente de tudo o que vivi.

Coincidências me perseguem.
O acaso. O querer.
Ter e não ter.
Estar perto e estar longe.

Ouvir e calar
Ter receio de perguntar.
Não olhar, mas sentir.
Tocar ou não tocar?

Frase avulsa.

'Tudo se torna perfeito aos olhos de quem quer ver uma beleza que não existe."