segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

De passagem no frio

É inverno, posso sentir o vento gelido entrando por debaixo do meu casaco.
Duas calças, duas blusas e um casaco, duas meias, luvas, cachecol, toca, botas... O que mais?
O que mais é realmente necessário para se manter aquecido nesse inverno?
Quando saio no frio sem luvas, é como se meus ossos estivessem doendo por dentro... queimando.
As pontas dos dedos ficam tão vermelhas, como se voce tivesse brincado com tinta e não tivesse lavado as mãos direito. É terrível tudo isso.
Essa sensação que parece que nunca vai estar quentinho suficiente.
Mas por outro lado, vem toda a beleza. Nada é doloroso o tempo todo.
Quando a neve cai, fica tão focinha...tudo é lindo e branquinho. Como a natureza é perfeita. Em cada parte dela.
As árvores ficam sem folhas. Os galhos ficam nus e congelados. A nudez da natureza é tão bonita.
Outro dia duna numa árvore e deitei em um dos galhos. Estava frio, muito frio, mas eu estava com um cachecol quentinho... Então foi menos sofrido. Fiquei ali, calada, de olhos fechados, sentindo aquele vento gelado bagunçar os meus cabelos. Era de tarde e o sol ainda estava ali, mas parecia que não iria durar tanto tempo assim. Mas eu continuei ali, observando a anatomia dos galhos, agora já sem as folhas.
Árvores velhas, anciãs. De uma textura de arranhar as mãos. Mas aí é que está a beleza. Árvore velha, gigante e bonita.
Queria er ficado mais tempo ali, mas não aguentei. não sentia mais os meus dedos. Já estavam começando a formigar. Eu não queria descer. Eu queria estar ali.
Tirei algumas fotos pra guardar de lembrança e quem sabe depois fazer um mural de polaróides em alguma parte da casa. Desta, ou da outra, ou de uma nova.,,

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Fuso coração

Pisando na areia quente e fechando os meus olhos, posso sentir a brisa e o quão bom seria se estivesse ali comigo.
Mesmo não gostando de praias e nem de calor, todo lugar seria um lugar se estivesse ali.
se estivesse ali, seria diferente.
Seria sólido.
Sorrisos, danças, meu cabelo no rosto. Olhares. Gargalhadas.
Sonhei contigo um dia desses. Será que você tem a mesma sensação que a minha?